PT
PT
EN


Delimitação:

A Área de Reabilitação Urbana da Corujeira é delimitada a norte pelo eixo formado pelas ruas de Santo António de Contumil / da Presa de Contumil / de Amorim de Carvalho, pelas construções envolventes às ruas de Baixo de Souto e de Avelino Ribeiro, pelo traçado ferroviário da linha do Minho, pela rua da Ranha e pela Estrada da Circunvalação (N12), a nascente pela Estrada da Circunvalação (desde o Centro Comercial Parque Nascente até ao cruzamento com a rua Igreja de Campanhã) e pelas construções envolventes às ruas de Azevedo, do Lagarteiro, de Tirares e do Pêgo Negro e que estruturam os núcleos históricos do Pêgo Negro e Parque Oriental (incluindo os espaços verdes envolventes a cada um dos núcleos, delimitados, a norte da Av. Cidade de Léon, pela CAOP e pelo limite da margem direita do Rio Tinto), a sul pela autoestrada A43 e a poente pela Via de Cintura Interna (A20), pelas construções envolventes às ruas de Contumil e de Antero de Araújo e pela Travessa Fonte de Contumil.


Caracterização:

Área: 262 ha;

Habitantes: 16.196 habitantes (2011);

Edifícios: 1.118 edifícios a intervir que correspondem a 404.900 m2 de área de construção;

  • 765 Edifícios estão afetos a habitação;
  • 242 Edifícios não habitacionais (usos misto, ou afetos a atividades de comércio e indústria);
  • 111 Edifícios devolutos:

Ilhas - 70 unidades (5 desabitadas), perfazendo um total de 468 fogos habitados e ocupando cerca de 52.819 m2, o que representa cerca de 2,3% da área do território.

Objetivos estratégicos a prosseguir:

Qualificar e tornar mais inclusivo este território, melhorando as condições de vida e de bem-estar da população residente e reforçando a sua capacidade de atrair e fixar novos habitantes, utilizadores e visitantes;

Promover a interação territorial, socioeconómica e cultural com a restante cidade, anulando efeitos de segregação espacial e de estigmatização;

Atrair atividades económicas, sociais e culturais, criando um novo polo funcional;

Envolver os atores locais em torno de uma estratégia de atuação clara e fomentar complementaridades e sinergias entre as intervenções.

Projetos estruturantes

  • PE1 - Antigo Matadouro Industrial do Porto - Uma nova centralidade urbana, um novo polo cultural e social da cidade;
  • PE2 - Praça da Corujeira - Uma centralidade renovada, dinamizadora de novas relações urbanas entre os espaços envolventes e promotora da melhoria dos sistemas de mobilidade e acessibilidade;
  • PE3 - Rua de São Roque da Lameira e o eixo complementar a sul - um eixo histórico da Cidade, impulsionador de novas dinâmicas urbanas e da identidade local;
  • PE4 - Reabilitação do edificado e do Parque Habitacional Público Municipal - Resolução dos graves problemas habitacionais e de salubridade pública, de degradação e abandono do edificado e valorização dos bairros municipais;
  • PE5 - Corredor ecológico da Corujeira - Um "corredor saudável" promotor de uma regeneração urbana inclusiva, do bem-estar e da coesão social;
  • PE6 - Monte da Bela - Uma nova área residencial, um espaço público qualificado capaz de enquadrar e valorizar o tecido edificado envolvente;
  • PE7 - Alameda de Cartes / Contumil - Um eixo central estruturante para a mobilidade e para a inclusão, orientador do desenvolvimento das zonas periféricas da cidade;
  • PE8 - Parque de recolha dos STCP e Fábrica "A Invencível" - Um novo polo multifuncional dinamizador de funções e atividades;
  • PE9 - Fortalecimento da coesão social e económica - Valorizar as pessoas e apoiar todas as instituições e agentes privados;
  • PE10 - Laboratório vivo para a inovação no espaço urbano.